Share

O Que Esperar de Sword Art Online Para o Futuro

Mais uma vez Sword Art Online fechou mais uma temporada com chave de ouro. mais uma vez não pude seguras as lagrimas com esse final triste mais por sua vez muito marcante.

 

Quando Sword Art Online tornou-se anime no Japão entre 7 de julho e 22 de dezembro de 2012 pela A-1 Pictures imaginava-se que haveria sucesso, mas os resultados foram além das expectativas mais otimistas. Diversos subprodutos surgiram depois se aproveitando da trajetória bem sucedida da franquia, desde mangás, jogos e figures até produtos de fast food e de empresas que até então não associavam suas marcas com personagens de animes.

Depois do grande sucesso da primeira temporada a segunda era inevitável

O Futuro de SAO – UnderWorld (UW) 3º Temporada

Saga mais longa da série até agora, já somando 7 volumes e sem previsão de termino.
Essa saga acompanha Kirito em um mundo virtual projetado para “cultivar” inteligências artificiais. Esse projeto militar é chamado de “Alicization”.No início do volume Kirito está decidido a ir estudar nos EUA assim que se formar e pede para a Asuna se ela poderia ir com ele. Enquanto conversam sobre isso Kirito sofre uma tentativa de assassinato por um ex-membro da guild PK de SAO (o que foi dado como desaparecido em GGO), e acaba sendo levado para uma instalação militar por Kikuosa (agente do governo que apareceu em GGO) para ser tratado por uma nova tecnologia médica que eles possuem no local.
Enquanto tratado ele é posto em um projeto de mundo virtual para criação e maturação de inteligências artificiais. O projeto tinha como objetivo criar uma inteligencia artificial capaz de tomar decisões “humanas” que fugissem ao conjunto de regras que lhes são passadas quando “nascem” nesse mundo. Ou seja, eles queriam uma IA que fosse capaz de ter emoções complexas como os seres humanos, e que essas emoções acabassem os fazendo desobedecer as leis do mundo em que vivem. Até o momento, no entanto, o objetivo não foi alcançado.
A máquina de criação de IAs é baseada na que o criador de SAO usou para passar sua mente para internet no primeiro arco. Eles a aprimoraram e usaram em bebes recém nascidos para terem mentes humanas “zeradas” como cobaia (clonar a mente de um adulto gerava problemas).Esse mundo virtual (Underworld), que lembra a época medieval (com magia), tem uma população de aproximadamente 10.000 IAs (elas se reproduzem e tudo mais como se fossem humanos) e o tempo lá passa 1000 mais rápido que no mundo humano.
No mundo real só se passam alguns dias mas para o Kirito – enquanto desacordado por causa do tratamento para o atentado que sofreu – fica anos nesse mundo, faz amizades, ajuda um amigo a tentar encontrar sua amiga de infância que foi capturada pelo império quando pequena, entra em uma escola de cavaleiros, vai subindo de rank e status na sociedade e por fim entra em conflito com a organização que rege e controla o mundo (algo como uma igreja católica dos tempos medievais). O mundo e sua cultura vão sendo explorados pouco a pouco e em certo ponto começa uma guerra enorme no mundo virtual e no real, com IAs invadindo o mundo real também (não vou explicar como). Em suma é um arco bem grande que vai escalando no tamanho e consequência dos conflitos.
A morte das pessoas daquele mundo é permanente. No caso do Kirito se ele morrer sua história naquele mundo acaba pra ele, porque como o tempo no mundo se passa 1000x mais rápido, quando, e se, ele conseguir voltar, muito tempo já vai ter passado. Em termos de jogo é como se você só tivesse uma chance para vencer, se você morrer “game over”.Underworld foi criado usando a ferramenta de construção de mundos online usada em Aincrad (primeiro jogo), e por isso compartilha muitas semelhanças com as mecânicas do mesmo, apesar de ter magia também.
Só que nele essas mecânicas não são obvias. As pessoas pensam que aquilo é um mundo real, e skills de espada e magia são coisas normais, que existem em seu mundo desde o início e são bençãos/magias dadas pelos deuses para a humanidade (que apenas pessoas treinadas podem usar). Diferente dos outros mundos de SAO nesse você sangra e sente dor quando é ferido.Asuna aparece nesse arco? Sim, ela costuma ganhar de um a dois capítulos por livro mostrando o ponto de vista de quem está no mundo real.
É através dela que aparecem todas as explicações sobre a criação desse mundo online, enquanto ela aguarda que o Kirito acorde na base militar. Em determinado momento ela também entra em Underworld (mundo online das IAs) para ajudar o Kirito.O maior diferencial desse arco é ter dois protagonistas masculinos (Kirito e Eugeo) e duas femininas (Asuna e Alice). Além disso, pela primeira vez o mundo é explorado e expandido pouco a pouco, assim como suas mecânicas. Os conflitos vão escalando de lutas pequenas com skills simples até guerras enormes (com direito a muita morte) no final. Se for adaptado para anime vai precisar de pelo menos 2 temporadas de 2 cour (24/25 episódios) para ser totalmente adaptado.

 

Arcos da História

Sword Art Online (SAO) – 1º Temporada
O primeiro jogo de mundo virtual, bem como a definição do primeiro arco da história. O mundo tem a forma de um gigantesco castelo flutuante chamada Aincrad, que possui 100 andares. Cada andar tem uma configuração com temática medieval e uma masmorra com um chefe, que tem de ser derrotado para os jogadores avançarem para o andar superior.
Alfheim Online (ALO) – 2º parte da 1º Temporada
O cenário para o segundo arco da história. Todos os jogadores no jogo têm asas e são capazes de voar. É um mundo grande, dividido em diferentes territórios para cada uma das suas raças de fadas. No centro de Alfheim há uma árvore muito grande, a Árvore do Mundo, e o objetivo do jogo é chegar ao topo dela. Aincrad, o castelo do primeiro jogo, é mais tarde acessível aos jogadores ALO também.
Gun Gale Online (GGO) – 2º Temporada
A definição para o terceiro arco da história. É um mundo de jogo virtual com foco principal em armas, apesar de armas brancas também existirem, como facas e sabres. De todos os jogos, é o mais competitivo, pois o dinheiro ganho pode ser trocado por dinheiro do mundo real.

Mothers Rosario (MR) – 2º parte da 2º Temporada

Com apenas um livro (o 7º), Mothers Rosario troca o foco em primeira pessoa do Kirito para a Asuna. A saga inteira é contada do ponto de vista dela. O foco são os problemas dela com sua mãe – que exige que ela troque de escola e largue o namorado (por alguém com uma melhor posição social) para poder se voltar puramente aos estudos e futuramente entrar em uma faculdade de renome – e do caso de uma misteriosa garota do mundo de ALO que consegue derrotar até mesmo o Kirito em uma batalha 1×1. Após lutar contra ela a garota pede a Asuna que se junte a sua Guild e que os ajude a derrotar o boss do andar em que estão parados antes que outra party o faça, sem revelar o motivo da presa ou porque ela não chama outras pessoas para ajudar.

Mothers Rosario é uma saga bem diferente das anteriores. Existe o elemento ação, principalmente na primeira metade, mas na segunda é mais voltado ao drama e slice of life. O climax também não é de ação e não existe “vilão” nessa saga. Quem gosta de histórias bonitas e slice of life deve gostar bastante, mas quem busca ação e aventura pode ficar decepcionado.
UnderWorld (UW) – Sem Previsão
O cenário para o quarto arco da história. De acordo com Kirito, é graficamente o jogo mais realista de todas os VRMMOs até o momento. O fluxo do tempo na UW é variável e pode ser muito mais rápido do que no mundo real.

Progressive (SAOP) – Sem Previsão

Progressive é a primeira saga, Aincrad, contada de forma mais completa. Ao invés de um salto temporal de 2 anos pulando do 1º para o 74º andar, os livros de progressive acompanham Kirito e Asuna passando por todos os andares e bosses de Aincrad. As vezes estão juntos, as vezes separados e o ponto de vista em primeira pessoa fica alternando entre os dois.
É lançado um livro de Progressive ao ano e até o momento eles ainda estão no 5º andar (após 3 livros).

Curiosidade: Enquanto a LN de Progressive normalmente foca na visão em primeira pessoa do Kirito, e as vezes passa pra visão da Asuna, na adaptação para mangá isso foi invertido. A visão de tudo é feita do ponto de vista da Asuna e Kirito é deixado como personagem secundário, que só as vezes ganha foco em primeira pessoa. A adaptação é bem divertida de ler e a arte é boa, eu recomendo (versão em inglês – versão em português).

Todas as capas dos volumes publicados até agora

 

 

4 Comments on this Post

  1. BillyMinc

    Parabéns pelo site, excelente conteúdo.
    Em 2015 haverá algum novo episódio?
    Grato.

    Responder
  2. Eu li algumas coisas excelentes aqui. Definitivamente vale a pena bookmarking para revisitar.
    Eu me pergunto como assim você colocar muito esforço para tornar este
    tipo de excelente web site informativo.

    Responder
  1. […] Lembrando que ja falamos anteriormente em outro post – oque espera e de sword art online … […]

Leave a Comment